[Impressões] Finalista IGF: Osmos

Parei 20 minutos agora para experimentar um dos finalistas do IGF deste ano, Osmos. Lembram dele? Eu tinha dito que iria ler uma entrevista que o Gamasutra fez com o produtor do jogo. Poisé, eu li e hoje me lembrei de baixá-lo para experimentar, e não surpreendemente eu adorei!

O jogo é exatamente o que a descrição dele diz “um simulador de osmose orbital sereno e elegante.”

Na supracitada entrevista o repórter traça um paralelo do jogo com flOw e Orbital, mas como eu nunca joguei nenhum dos dois – mesmo apesar do primeiro ter uma versão em flash gratuita, pude experimentá-lo como se fosse o primeiro do gênero. E digo mais uma vez, eu adorei!

A jogabilidade é natural, simples e elegante. A atmosfera do jogo, desde os gráficos até a trilha sonora só colabora para a experiência, de modo que em alguns momentos você fica até relaxado, mesmo sabendo que logo mais enfrentará momentos de tensão.

Ele está concorrendo nas categorias Excelência em Design, Excelência Técnica e no Grande Prêmio Seumas McNally, e por isso agora eu vou me obrigar a ter um tempinho para conhecer todos os outros indicados, ao menos ao grande prêmio, pois se todos estiverem no mesmo nível posso garantir que são excelente jogos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: