[Concurso] Quer Fazer um Jogo OFICIAL do Batman?

Realmente o mercado de jogos em Flash está fervilhando.

A Warner Bros. juntou-se com a MochiAds para criar este concurso:

Batman: The Brave and the Bold Casting Call

Para quem não conhece, “The Brave and the Bold” é o novo desenho animado do Batman, que ao contrário das séries anteriores tem uma atmosfera bem light e aposta mais no humor – os produtores da série a descrevem como sendo Adam West (o Batman do seriado dos anos 70) com culhões.

A idéia do concurso é simples, os desenvolvedores devem submeter as suas idéias de jogo para eles, que irão selecionar as melhores. Apartir daí os desenvolvedores receberão materiais oficiais para poder desenvolver os seus jogos, e ao final concorrerão aos seguintes prêmios:

  • Grand Prize: $9000 em dinheiro, mais $15000 para um segundo jogo
  • Escolha da WB: $5000 em dinheiro (x4)
  • Apreciação da WB: $4000 em dinheiro (x5)

Ou seja, serão premiados 10 jogos, sendo que o grande ganhador vai descolar ainda um contrato para um novo jogo! Sensacional, não?

Os interessados devem preencher o formulário no site da forma mais detalhada possível para a comissão julgadora poder entender bem do que se trata o jogo. Os selecionados serão anunciados no dia 10 de Abril de 2009, sendo que a data limite para enviar as idéias é no dia 27 de Março de 2009, até às 23:59, no horário do Pacífico, o que equivale para nós (GMT-3) 4:59 da madrugada do dia 28 de Março!

Então, você acha que pode entrar nessa? 🙂

[Link] Resultados de Desafios de Design

Terminei de ler, um pouco atrasado, dois resultados de desafios do Game Career Guide. Vou fazer comentários sobre cada um deles mas adianto logo que em ambos as submissões foram bastante criativas.

Why Did Frogger Cross the Road?

Neste desafio foi solicitado aos aspirantes a GD que criassem uma história para o jogo Frogger – clássico dos fliperamas que despensa apresentações. O desafio envolvia criar apenas uma história por trás do jogo, de forma a incorporar todas as suas característiacas. Não valia “criar” um novo jogo, sua história teria que caber perfeitamente no jogo original. Legal, não?

Eu ainda pensei em participar mas não deu pra mim, e se tivesse participado não sei se seria selecionado com base na qualidade das submissões selecionadas.

Eu destaco as submissões Unstuck in Time – que tem um cenário de ficção científica que me agrada demais, me lembrou bastante o conto Derradeira Esperança e Frogger is Not a Frogger, por ter uma pitada de humor negro.

Gravity Game

Já neste desafio as submissões deveriam propor mecânicas que envolvessem a força da gravidade, de qualquer maneira possível. O legal é que os designs variaram bastante, de platformer 2D – Downside Up e Black Hole – a um jogo de estratégia por turnos – Plunder, um puzzle – Gravity iPhone Game – e um simulador de planetas – Solar Sanctuary!

Eu gostei de todos, mas dou um destaque especial ao potencial inovador do último. A idéia é legal e se a jogabilidade conseguir passar diversão, temos um candidato a jogo bem sucedido.

 

O Game Career Guide publica um novo desafio todas as quartas-feira. O de hoje é criar um Jogo de Restaurante. Não preciso nem dizer que clones de Diner Dash passem longe, né?

Vamos botar nossas cabeças para funcionar? 🙂

Desafio de Design: Uma História Para Um Sapo

Faz tempo que eu não ficava mais de olho nos desafios de game design do GameCareerGuide, e acontece que hoje eu me lembrei e acabei achando o desta semana bastante interessante.

Lembra do Frogger? Aquele do sapinho que tenta atravessar a rua? Pois então, o desafio é você criar um motivo, uma história para o jogo! Legal, não?

Não preciso nem dizer que já estou pensando no assunto com carinho. 🙂

Concurso Criativo, Divertido e Valioso

Através da lista do IGDA Recife eu cheguei à esta matéria do Omelete, que eu reproduzo abaixo:

Programador cria divertida versão com apenas 4k de Left 4 Dead

Um concurso anual de programadores em Java sugere o seguinte desafio: Criar o melhor game sendo que o tamanho final do arquivo deve ter ínfimos 4k (para efeito de comparação, só o logo do Omelete acima tem 5k…).

Inspirado em Left 4 Dead, o programador Markus Persson, criou uma brilhante versão do jogo de sobrevivência às hordas zumbis, Left 4K Dead. Use as teclas “W”, “A”, “S” e “D” para se mover e o mouse para apontar e atirar. Apesar da simplicidade extrema, a sensação de desespero e impotência perante as massas desmortas é quase igual à do shooter.

É claro que eu fui lá conferir o joguinho e o achei muito legal! Não joguei muito, é verdade, mas pude ver que a idéia foi bem executada e ele cumpre o que promete, divertir de maneira leve e rápida.

Depois eu fui me informar mais sobre o desafio 4k de 2009. Cheguei no site oficial e lá encontrei um ranking com os jogos mais acessados e os mais recentes, e tive acesso às regras da competição:

  • O pacote final (bytecode + recursos) deve ser menor ou igual a 4096 bytes
  • Deve ser jogável (não pode ser uma animação sem sentido)
  • Deve ser Java puro (nada de JNI)
  • Deve ser auto-suficiente – sem recursos externos (como baixar uma imagem de um site)
  • Nada de Pack200
  • Nada de bibliotecas externas, você deve usitlizar as bibliotecas públicas que são distribuídas na JRE
  • Nenhum banco de sons deve ser utilizado pois eles não fazem parte da API pública da JRE. Você deverá criar seus próprios sons durante tempo de execução ao invés de usar MIDIs
  • O jogo deve poder ser iniciado utilizando Java Webstart
  • A versão-alvo da JRE deve ser a 1.5 (ou anterior)
  • Não deve ser idêntico a algum jogo submetido em concursos anteriores

Interessante, não é mesmo? Além do fato do tamanho o que achei mais legal é o fato de ser um concurso baseado puramente em Java, uma linguagem bastante marginalizada no desenvolvimento de jogos. Concursos como estes deveriam ter mais divulgação, afim de alavancar a linguagem da Sun dentro desta área.

Para quem tiver interesse o período de submissão começou no dia 1° de Dezembro de 2008 e vai até 31 de Janeiro de 2009. Os jogos concorrerão em três categorias, Melhor Jogo, Conquista Técnica e Melhor Apresentação, e serão julgados por cinco juízes – que estão bem envolvidos na indústria. Ou seja, apesar de nenhuma premiação ser oferecida, o concurso serve mesmo é como item para portfolio e para aumentar a sua rede de contatos.

E isso já é um prêmio considerável. 🙂

Desafios de Prototipação: Alavancando Carreiras

Só para relembrar, já tem algum tempo que eu publuquei aqui, como de costume, um aviso sobre o mais novo desafio de prototipação proposto por Daniel Cook, no seu site LostGarden: Fishing Girl.

Pois bem, hoje DanC publicou o resultado do desafio e esta acabou sendo a primeira edição a ter um selo de ouro. Para quem não sabe DanC oferece três tipos de selos (bronze, prata e ouro) baseado em alguns critérios mas que o mais importante é a diversão, e por quanto tempo ela existe.

Mas falar apenas que houve um selo de ouro é omitir o mais importante, a história do jogo “campeão”. Ou melhor, do desenvolvedor deste jogo. Eu traduzi e reproduzo abaixo um trecho do post com o resultado:

Esta é a história de um cara chamado Andre, que criou um protótipo de jogo do Lostgarden, o vendeu por $4000 e começou a percorrer o caminho de uma nova carreira no desenvolvimento de jogos.

Andre vive em uma zona rural da Austrália. Devido à infra-estrutura limitada da região, ele faz uso de um mode eleijado e barulhento, que desconecta aletatoriamente nos piores momentos. Não existem muitos empregos em TI na área, mas ele não pode se mudar devido à obrigações familiares.

Quando mais novo ele brincou com arte, programação gráfica e jogos, mas não existe uma pedida muito grande para essas coisas localmente. A fim de ganhar a vida ele se contenta em desenvolver website atrás de website.

Andre é o tipo de cara esperto e dedicado, que tem um potencial enorme. Ele sonha em criar jogos maravilhosos e encantadores. Todo e-mail que eu recebo dele vem pegando fogo com idéias e pedaços de jogos funcionais, que ele fez em seu tempo livre. Até mesmo o caminho “tradicional” em jogos está fechado para ele.

Quando as oportunidades são limitadas, as pessoas normalmente ficam com estas. Eu cresci em uma área rural e eu vi muitas pessoas brilhantes acabarem em empregos mortos graças à vacuidade do seu ambiente. É difícil para pessoas criadas em áreas com abundância entender, mas se ninguém nunca falar sobre o que é possível ou abrir uma porta para novas idéias, você pode passar o resto da sua vida usando vendas culturais invisíveis.

Imaginem a vitória que foi para esse camarada, desenvolver este jogo, hein? Ah, e sobre o jogo, olha o que DanC disse:

No último mês, Andre construiu uma versão em Flash de Fishing Girl. Ele fez o projeto inicial rapidamente e então iterou em cima dele até ter uma versão jogável. Um pouco de dados:

A melhor notícia é que Andre conseguiu vender o jogo por $4000 + um bônus de performance. Sim, você pode vender um protótipo dos desafios do Lostgarden pelo vil metal. Eu inclusive encorajo isso, afinal A) as pessoas devem ser pagas pelo seu trabalho duro e B) as lições que você aprende ao terminar um jogo para o público não têm preço.

Agroa Andre, tem um pouco de renda e muita informações para ajudá-lo no desenvolvimento do seu próximo jogo. Agora quando eu converso com Andre, ele tem grandes planos para uma carreira inteira fazendo o que ele ama. Isto é muito legal.

Fui só eu ou você também ficou muito feliz com o relato? Uma história como essa deveria acontecer sempre, e o mais importante, ser divulgada! Só assim nós podemos aumentar as chances para que ela se repita.

Não desista, você consegue. 🙂

P.S.: Eu fui lá e passei a hora do almoço pescando peixinhos. O jogo é legal mesmo.

Atualização: Eu tinha esquecido de colocar o link para o jogo! Bom, agora esse problema foi corrigido: http://www.lunadrift.com/play/fishing-girl.html

3o Desafio de Design de Microjogos de Tabuleiro

O BoardGameGeek está promovendo a terceira edição do Concurso de Design de Microjogos de Tabuleiro (MDC III – Microgame Design Contest). A idéia é criar jogos com componentes pequenos (regras, mapas, peças, etc), e que também sejam simples mas divertidos (é claro!). Segundo o idealizador, Tom Higgins, este tipo de jogo já fez muito sucesso antigamente e o concurso é uma homenagem ao gênero.

Eu fiquei sabendo do evento através do Antônio Marcelo, que mandou um e-mail para a lista Boardgamers-BR e que já está participando do concurso com o microjogo Nazi Mekas! Como ele ainda não está disponível para download nós só podemos conferir o enredo (uma realidade alternativa para a Segunda Guerra Mundial, onde nazistas e aliados fazem usao de tecnologia alienígena para criar as mais fantásticas armas de guerra!) que é bem original e interessante.

Eu gostaria bastante de participar, mas acho que não tenho condições, são muitos projetos (por enquanto idéias) ao mesmo tempo. Aos poucos eu vou fazendo o que der, mas se você tiver disposição e tempo livre, vá lá e não esqueça de compartilhar conosco!

Lostgarden com novo Desafio de Prototipagem

No último sábado o game designer Daniel Cook publicou mais um Desafio de Prototipagem (Prototyping Challenge) no seu site, o Lostgarden. Desta vez o nome do desafio é Fishing Girl!

Aos que já conhecem o trabalho de Danc vão ter acesso à imagens com a qualidade de sempre, e às suas idéias simples, mas desafiadoras. Ele aproveita para mencionar mais detalhes do seu “Projeto Secreto de Verão”, que agora entrou na fase “Projeto Secreto de Inverno”, inclusive divulga que está procurando por um desenvolvedor de Flash/AS em Seattle (para este mesmo projeto).

Eu acho que esses desagios servem não só como provas para teorias de jogos dele, como também como testes para possíveis colaboradores, pois apesar dele procurar desenvolvedores “presenciais” duvido que ele recusaria a ajuda de um virtual, contanto que fosse competente, claro.

Então é isso, este desafio terá dois meses de duração e ainda não foi dada a medalha de ouro (equivalente a 15 minutos de diversão) para nenhum dos anteriores. Ou seja, se você se achar capaz, entre com tudo que vai valer a pena!