Com Que Roupa Eu Vou?

Em meio aos meus estudos de Flash para usar em projetos da Loodo eu dei de cara com três engines para ActionScript 3:

  • Mr. Sun Studios – Na verdade não é um engine  propriamente dito, mas sim um exemplo que, olhando com carinho, pode ser adaptado para reuso e modularização simples. Apesar de algumas falhas na explicação – em duas partes ele não cita a aparição de alguns objetos – eles são bem legais e cumprem o seu papel.
  • Platform Game Engine –  Engine simples e com algumas limitações. Apesar do exemplo que a acompanha ser bem legal, não me epolguei muito por conta das limitações. Mas vou ficar de olho nos próximos lançamentos.
  • PushButtonEngine –  Aqui, SIM. Essa é, realmente, uma opção bem completa. Na lista de features tem de tudo, de física à componentização, uso empurrado de XML, foco em Flex – apesar de suportar Flash – e inúmeras ferramentas. O problema é justamente essa quantidade absurda de coisas.

À primeira vista eu havia escolhido a última opção, mas ao ler com mais calma a sua documentação eu vi que era muita novidade pra pouca experiência, e que eu iria empacar mais do que andar. Por isso resolvi que vou continuar com o bom e velho Mr. SunStudios, e quando estiver desenrolando na brincadeira, vou pro Flex e depois para a PBE, que só então vai valer muita coisa.

Portanto fica a dica, se você já manja de Flex e quer uma ajuda de quem entende – os caras são os mesmos que criaram a Torque Game Engine, a engine para jogos que custa $150, a preferida pelos indies – já tem uma excelente escolha.